PESQUISE NESTE BLOG

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Dama da Noite (planta)

 Nomes populares: Rainha-da-noite, dama-da-noite, pitaia-vermelha, pitaia, pitaia-vermelha-de-polpa-branca, cato-barse, cardo-ananaz, flor-da-lua.
“A dama-da-noite (ou Epiphyllum oxipetalum) é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e muito popular devido ao aroma inebriante de suas flores. Ela apresenta caule ereto e ramificado, com ramos sinuosos, a princípio eretos, mas tornam-se pendentes nas pontas. Seu porte é médio, geralmente 1,5 m, mas pode atingir até 4 m de altura. Suas folhas são simples, perenes, ovais a lanceoladas, brilhantes, coriáceas e sustentadas por longos pecíolos. As abundantes inflorescências surgem na primavera e verão, carregando numerosas flores tubulares, que exalam um intenso perfume, principalmente à noite (...)”.
“A dama-da-noite é uma planta vigorosa e de rápido crescimento, ela é utilizada geralmente isolada, mas fica bem em pequenos grupos. É uma peça indispensável em jardins aromáticos e borboletários. Pode ser conduzida como arvoreta e trepadeira também, através de podas e tutoramento, perfumando assim calçadas, pátios e cobrindo caramanchões, arcos, treliças, entre outros suportes. Para atenuar-lhe o forte perfume, deve ser plantada à meia-sombra, desta forma sua floração será menos intensa”. 
“(...) suas flores atraem diversas espécies de abelhas, beija-flores e borboletas. Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Não tolera salinidade, geadas fortes ou frio intenso. Também pode ser plantada em vasos, com adubações e regas mais frequentes. As podas devem ser efetuadas após a floração. Multiplica-se por sementes e estaquia dos ramos[1]”.
“A dificuldade em encontrá-la disponível no mercado a torna um pouco cara. Alguns especialistas chegam a comercializá-la por mais de R$ 1.000,00[2]”!
O que observamos é que, a planta emite vários pequenos botões, a princípio, eles vão morrendo (aos poucos) e restam apenas os mais fortes. Neste caso, da minha planta, iniciou a florada com 6 botões e apenas 2 seguiram até o ápice da floração. Foram se desenvolvendo rápido e abriram-se em belas flores, alvas e perfumadas, durante apenas uma noite; na manhã seguinte estavam inertes e lânguidas sobre o solo, mesmo ainda presas na estrutura da planta.
Há na internet (Youtube) um vídeo muito interessante, que mostra o momento em que as flores se abrem, durante a noite.
Os botões se desenvolvem como verdadeiros animais mitológicos: lindos e misteriosos!
 
No final da tarde, pronto para se abrir quando cair a noite.
 
 
 
É uma riqueza de detalhes; vê-se que se desprende uma estrutura que lembra outra flor!
 
 
 
 
 
 
 

Um comentário:

  1. Bom dia tive o prazer, de ter essa beleza essa semana na noite do dia 20,02,2020 fiquei encantada não consegui tirar foto pois nao sabia que ela morreria de manhã fiquei muito triste mais estou feliz em saber que tenha essa preciosidade em casa .

    ResponderExcluir

SEGUIDORES